cristianonetto.com.br
3dez/07133

Voce é uma pessoa que ama demais?

PESSOAS QUE AMAM DEMAIS

Carência Afetiva é um distúrbio de comportamento que afeta um número muito grande de homens e mulheres. Em geral, pessoas que amam ilimitadamente, que vivem em uma linha tênue que alterna entre carência, amor e sofrimento, na grande maioria de total baixa auto-estima, quase todas adquiriram este distúrbio em alguma experiência onde suas necessidades emocionais não foram atendidas, seja na infância ou mesmo em relacionamentos passados.

Não se importando com seus próprios interesses, essas pessoas por muitas vezes mudam drasticamente suas opiniões em atenção ao relacionamento, se anulam, se fixam no relacionamento e fazem dele o centro de sua vida, vivendo muitas vezes um mal-estar interior, um sofrimento decorrente do relacionamento, que nada mais é que uma forma de se conectar com seus próprios sentimentos.

Os carentes afetivamente idealizam relacionamentos da forma que desejariam que ele fosse, e com isso acabam sendo vítimas de relacionamentos conturbados: Se envolvem com todo e qualquer tipo de pessoa, muitas vezes enxergam da forma em que acreditam que seu amor ou dedicação irá corrigir aquele defeito, fato este identificado na terapia como uma forma de fugir de seus próprios problemas centrando-se nos problemas dos outros, existe ainda o entendimento de que estas pessoas inconscientemente não distinguem amor e dor.

O carente afetivo é inseguro e está sempre pronto a agradar, demonstra muito amor e muito controle, sem perceber que isso acaba por sufocar a outra parte, mesmo não sendo esta a intenção, tem a necessidade de controlar as pessoas e os relacionamentos, temendo perder, e camuflam esse controle mostrando-se uma pessoa prestativa, sempre pronta a ajudar.

Você sofre de carência afetiva?


O perfil do carente é o mesmo: Quer ser amado, quer aproximar e não afastar o outro, mas como não sabe se valorizar, talvez por não ter aprendido, e como não aprendeu a viver um relacionamento afetivo saudável acaba pondo os pés pelas mãos, afastando o outro cada vez para mais longe.

Além dos sintomas tradicionais deste tipo de carência existem ainda outros pouco notados: A tentativa de sentir-se melhor com o consumismo e o Altruísmo.

Experimente fazer perguntas a você mesmo, pergunte se optou por um retrocesso ou estagnação na sua carreira em função do relacionamento ou se desistiu completamente de investir em si mesmo. São diversas perguntas que você pode fazer a você mesmo em busca de respostas.

Como cuidar da carência afetiva?


Você precisa aprender a amar de forma saudável, estando em primeiro lugar e dosando para não ser egoísta, ame a si mesmo, resgate seu amor próprio, sem isso jamais poderá se relacionar de forma equilibrada.

Desenvolva auto-aceitação, não é por ser carente que você vai encontrar em outros indivíduos o que te falta, busque dentro de você, e se achar que não é capaz procure ajuda especializada, existem muitos grupos de apoio e profissionais neste sentido.

O importante é você admitir que ninguém poderá ajudá-lo sem que você seja consciente de seus próprios sentimentos, não importa o quanto você receba de amor de outra pessoa, jamais isso poderá curar suas feridas interiores, o único remédio para isso é entender e superar o que aconteceu.

Comentários (133) Trackbacks (0)
  1. Eu tenho um problema depois de engravidar estou fom auto estima baixa meu marido foi embora de casa só que agora estamos reatando mais acho que fico muirp encima dele e ele ja pediu para ter calma mais fico toda hora perguntando o que ele sente fico esperando a afirmação dele sobre o que sente para me senta bem tenho medo de perde lo de vez por isso preciso dessas afirmativas mais ja me decidi vou me controlar antes que eu o perca para sempre e pegar ou largar então eu pego não no pé rsmais na oportunidade da reconquista.

  2. hoje ta muito dificil, acho que vou acabar de uma vez com tudo, chega pra mim nao consigo mais viver desse jeito, estou cansado, 43 anos sai de um relacioanmento de 15 anos faz um 1 ano, encontrei uma nova pessoa mas ta dificil demais, nao fui bom filho, nao fui e nao estou sendo bom pai, nao fui bom marido, to pessimo e fechado no trabalho nao me resta mais nada mesmo vai ter que ser hoje ta dificil demais nao confiar em ninguem nao ter ninguem para conversar to cansado.

  3. Ola a Todos! É tudo muito confuso, li todos os comentários e vi que a maior parte é amoroso, com relação a parceiros, o meu caso é um pouco diferente, é com relação a minha mãe. Hoje tenho 28 anos, infelizmente minha carreira profissional nunca fluiu, não sei se e devido eu pensar a maior parte do dia porque minha própria mãe não me ama.Depois de completar os meus 15 anos de idade parece que minha mão deixou de me amar e de ser minha mão. Passei por psicologos, não vi resultado, fui a igreja tbm não tive respostas. Me sinto a cada dia sozinha no mundo. Ja tentei conversar com minha mãe abertamente, e ela se mostra fria e até debocha. Essa falta de amor materno me mata, pq acabo sufocando outras pessoas como no caso meu noivo, que por sinal penso em ate romper com ele por isso. Essa falta de amor sufoca, confunde, tira o chão de onde pisamos. Gostaria de ajuda pq não quero me sentir assim.

  4. Tenho 45 anos e com certeza sofro deste Mal, bom fui ou sou casado a 13 anos e minha esposa tem 32, sabe eu tento me controlar mas não consigo vejo maldade em todos homens que se aproximam dela que não sao conhecidos.
    vivemos pensava eu.muito bem por 12 anos eramos o casal exemplo para todos, mas ela por casar muito nova optou por ficar em casa veio os filhos (02), mas hoje do nada estamos separados a 03 meses , ela hoje me cobra um monte de coisas diz que suportou todo esse tempo meu ciumes, minha cara feia entre outras.
    Hoje quando sei que ela saiu vou la falo im monte de absurdos e ela sempre me diZ a mesma coisa que se separou de mim para que eu.mudasse e que me queria de volta como foi nos primeiros 10 anos, mas romântico, menos amargo, trabalhasse menos.
    Por amor ou doença larguei tudo uma carreira de sucesso bom tudo.na intenção de te la de volta mas ela diZ que agora quer um tempo pra ela se conhecer.
    Não durmo, não como, nao saiu, vivo o tempo todo nas redes sociais vendo seus passos, tenho muito medo de.perde la pra sempre
    sempre digo te amo mais que a mim mesmo.
    ela sempre me abraça, me beija, fazemos amor ainda as vezes, mas quando vejo ela o tempo todo no whats app ou face e vi que tem novos amigos e vejos fotos de balada acaba tudo me transformo.
    Por favor preciso de ajuda.

  5. Acho que estou sofrendo de carência afetiva… Preciso me valorizar…

  6. Eu fiquei com um menino, e eu me apaixonei loucamente por ele.. mas ele me deixou, e eu so soube chorar.. depois de um tempo, ele me pediu uma segunda chance, e eu dei.. estamos ficando, sinto que ele gosta de mim de verdade, ele quer ate namorar comigo, mas me sinto super insegura pelo fato de achar que ele pode me fazer sofrer, achar que ele nao vai me dar o valor que mereço.. o pior, eu sou virgem, e ele nao e mas. Tenho medo dele me deixar. Acho que estou muito “avançada” porque so tenho 14 anos e ja “sofro”, ele tem 17 .. gente, me ajude, por favor, ninguem me entende.. se puder me chama mo whatsapp 02197476456

  7. bom dia, klenia sou casada já faz 19 anos e uns 4 anos pra cá passei por um decepção muito grande e dolorosa com o meu marido e que nunca eu imaginar que aquela pessoa que eu mas confiava me traiu na pior hipo dese que um ser humano poderia fazer mesmo com isso lutei com toda minha força para salvar o meu casamento mesmo tentando e ajudando ele permanece a mesma pessoa por tudo o que aconteceu ele não mudou , pensei que com isso tudo ele ia se mas atento carinhoso mas dedicado comigo sobre o seu amor ,tendo ter dialogo com ele para ver no que eu poderia fazer para melhorar o nosso relacionamento mas sempre acaba em silencio assim eu fico triste num canto perguntando pra mim mesmo se é eu que amo de mas por nós dois e se eu sou acupada por tudo que esta acontecendo tem hora que eu me sinto com a alta estima pra baixo não sou mas vaidosa não sorrio mas só fico esperando que um dia ele percebe o quanto eu amo

  8. Me chamo karla tenho 29 Sou casada a 6 anos e desde o primeiro ano de casado sou tratada do mesmo jeito ate hoje ele me abandona muito em casa so o encontro na cama pra fazermos amor ele ‘e viciado em roda de amigos pra beber o dia todo nem atencao pra nossa filha de 2 meses ele dar me sinto so` e triste e choro muito guando ele sai gueria matar o amor gue sinto por ele como eu faço???pufavor me ajudem

  9. Eu me relacionei com uma pessoa que mora a 1700 kms de mim..ela me conheceu, vivemos uma estoria linda.De repente ela esfriou, eu não compreendi e me perdi, e cobrava e ela se sentia sufocada. E depois me pediu para sermos amigos mas não consigo aceitar ainda..pois eramos como o sol e a lua, tinhamos planos.Ela dizia ser doenca do pai dela..de repente vi uma foto dela com um cara no Facebook..ela disse que foi para fazer raiva no ex marido..com isso eu vi que era dependente dela,,e não soube sair disso e sufoquei..com isso ela saiu com a razão..e não sei como faço..

  10. Resumindo…não gostei e não cuidei de mim..somente dela..
    Tive que ir parar até em psiquiatra.

  11. Procuro um amor, que nunca chega, quando penso que aquele é o certo, descubro que não tem tanto interesse, ai sofro, me humilho, procuro, até tento me afastar mais a retirada é dolorida.

  12. Olá tenho 16 anos e estou hoje com o coração aflito, pois tudo o que vc falou sobre uma pessoa que ama d+ me identifiquei, eu sou assim, sou um tipo de pessoa que amo d+ sempre procuro nas pessoas o que eu não tenho pensando que elas me preencheram e esquecendo até que elas tem defeitos, mas isso é com todo mundo mãe, pai, irmão, amigos etc… mas quando estou com eles tento agradá-los, amá-los e acabo sufocando e eles se afastando de mim, e simplesmente me ponho a chorar e buscar em mim algum erro, mas parece que tudo que eu faço é um erro, então tento ficar só, tentado me aceitar e me amar, mas parece que eu não consigo, e ai, dar tudo errado novamente, e as feridas vão ficando e se ajuntado com as outras que já estavam guardadas!… :(

  13. ola mim chamo anderson,

    bom eu tô muito triste eu gosto muito da minha namorada mais de uns tempo pra car ela tem mudado ela me trata mal não atende meus telefonemas e ainda fala um monte de coisa pra mim. oque eu faço numa situação dessaS.

  14. Eu acho q tenho esse problema,eu sufoco a minha amiga q ela chegou pra mim e disse q não aguenta mais e q nossa amizade tinha acabado ali.mas não quer perder ela e sim mudar e reconquistar a amizade dela o q eu faço??

  15. Olá. Tenho 21 anos namoro a distancia meu eu e meu namorado sofremos muito pra estarmos juntos e agora ele me pediu um tempo , pior parou de falar cmg ligo pra ele e ele n atende ligo pra mae dele ela diz que ele saiu. Socorrro estou desesperada capaz de cometer uma loucura n sei oq faço mais pra ele falar cmg ja tentei de variaa formas todas as formas virtuais possiveis mandei msg e ele nada de me reaponder isso me corroi aos poucos preciso de ajuda me ajuda pelo amor Deus . N sei oq faço moro fora do brasil e ele no brasil. Eu amo ele de mais n sei oq faço ja me humilhei ja chorei . Estou desesperada sou possessiva enfio as maos pelos pés. Eu preciso de ajuda.

  16. tambem estou sofrendo com isso tanto q passei a manha inteira chorando estou muito mal acho ate q estou com começo de depressao estou ate passando correntes para ver se isso muda gostaria de ajuda para poder me sentir bem

  17. eu e minha namorada estamos a 6 meses juntos as coisas estavam muito bem ate 15 dias atras quando ela começou mudar falar cada vez menos comigo parece q nao me ama mais como no começo e como eu gosto de receber muita atençao e ela nao faz isso fico muito mal e agente esta cada vez mais afastado tentei de tufo ja conversar mais só q ela nao responde minhas mensagens ou quando responde nao me pede nada ai nao sei se estou melhorando ou piorando as coisa

  18. Bom, meu caso é semelhante ao de cima amei

  19. alguem mim ajude to namorando a 6 anos e so traida tenho certeza mais nao consigo mi separa sei que to send uma palhaca ele mentir na cara dura diz que mim ama mais na verdade nao sei o que ele quer queria muito comerça a ama a mi mesma

  20. Oi, sou uma mulher de 23 anos é namoro um cara de 21.
    Sou carente e a gente quase terminou por um motivo fútil é pedi desculpa, disse que na queria terminar e disse tudo. Pra ele o nosso relacionamento tá ótimo, mas pra mim tá parecendo que ter pedido pra voltar me deixou como se fosse lixo tô pirando tendo crises nervosas.
    Me ajudem por favor!

  21. Olá preciso de ajuda

  22. eu sou uma mulher de 29 anos estou passando por uma dor tao grande eu amo muito meu marido e nao sou correspondida eu vivo minha vida so pra ele nao suportaria viver sem ele

  23. Nossa, eu estava procurando uma coisa nada a ver aqui e encontrei esse texto e me identifiquei muito! :/

  24. Oi ,me chamo Gabriela e tenho24 anos.eu tenho tres anos de casada e oito de namoro ,nesse periodo meu marido chegou um dia e disse que estava conversando com uma mulher mas que nao havia acontecido nada (beijo ,sexo)ele di sse que so conversaram mais isso destruiu a minha auto estima a parti do dia que ele me contou eu e nao consigo acreditar em nada que ele diz apesar de jurar que nao fez nada ,eu me fechei pro mundo eu tenho mt odio dele ,eu penso em me srparar mas e mt dificil .obrigada

  25. Eu tenho este problema. E sei que tudo começou na minha infância.Com familia desequilibrada a carência afetiva desde criança foi muito grande. Preciso urgente de ajuda. Aos 49 anos coleciono um número incontáveis de relacionamentos fracassados. Quero mudar isto. Estou apaixonada de novo e a ponto de perder novamente. Li o artigo. Tudo se encaixa com tudo que acontece comigo. Vou procurar ajuda logo. Se eu não puder conquistar o meu amor de verdade, vou conquistar primeiro o meu amor próprio. Obrigada pela oportunidade de falar. Isto me ajuda a desabafar e pensar com a razão

  26. Que Deus te abençoe abundantemente!

  27. É preciso praticar a arte do perdão!

  28. Eu penso da seguinte forma: Ninguém pode dar aquilo que não tem. Se você não se amar em primeiro lugar dificilmente poderá amar alguém e dificilmente conseguirá sentir-se amado, pois como não há parâmetro tudo o que o outro fizer não satisfará. Meu conselho, ame-se a si mesmo. Saiba quem você é e qual o seu valor, lembre-se que o amor verdadeiro vem somente de Deus, o verdadeiro amor lança fora todo o medo. Se você não se amar e não se valorizar dificilmente alguém o valorizará. Pense em você primeiro, estar bem consigo mesmo é o primeiro passo para amar e ser amado.
    Dicas de livros: Amar pode dar certo de Roberto Shiniashik e Para que o amor aconteça de Ceci Akamatsu.

  29. O grande erro que cometemos é confiar muito no outro, seja marido, mãe, amigo… eles podem nos decepcionar a qualquer momento, porque são falhos, pecadores como todos nós. Nós depositamos a nossa felicidade no outro e é impossível ser feliz fazendo isso. Eu sei que é repetitivo eu falar isso, mas a satisfação tem que ser no seu interior, as pessoas em volta são complementos, elas apenas fazem parte, um dia elas agradam, outro dia não e assim vai. Todos os dias organizo em minha mente essas afirmações para não esquecer e também ultimamente mentalizo assim “Jesus Cristo me ama muito, não há ninguém na face da terra que me ame mais do que ele. Não só ama, como fica muito triste vendo a gente sofrer, ele acredita na gente, ele conhece nosso íntimo, sabe de nossas falhas e perdoa, aceita a gente como a gente é”. Ele é unico, não acredito que haja alguém que me ame assim. Vamos matar um leão por dia, amar as pessoas, massem esperar muito delas e assim ir vivendo até o dia que temos queabandonar esse mundo, já que aqui estamos de passagem. Sem apegos… Que Deus tenha misericórdia de nós!!!

  30. Me senti péssima ao ler o texto pq estava lendo a mim mesma. É uma grande bola de neve, o descontrole emocional é cada vez mais crescente. No meu caso eu sofoco, dou carinho exageradamente, qnt mais me esforço, mas ele é frio, menos me liga, e elogios… nem sei mais o q é… Ele fala de casamento, mas n o vejo se esforçar p acontecer, afinal já sao 5 anos de namoro. Cada vz mais minha autoestima se torna abalada. As vzs viajo p congresso da Universidade e ele não me liga, msm eu pedidndo tantas vzs p ele ligar, se eu n ligar a gnt n se fala… aí eu ja ligo chorando, ele fica com raiva diz q sou dramatica e desliga o telefone…. eu amo tanto esse cara q esqueci de me amar. Mas sei q o problema não está c ele, apesar de ter plena consciencia q ele não é o homem q eu gostaria, mas sei q tenho problemas emocionais, sofro de pequenez. Só precisava desabafar agradeço!

  31. Olá Gabriela.
    Penso que, para ser feliz em um relacionamento a pessoa primeiramente deve ser feliz consigo mesmo. Quando você estiver realizada consigo mesmo, com seu estilo de vida e consciente de sua competência, será feliz independente da pessoa com quem está se relacionando. Não devemos esperar que outro nos complete, devemos nos completar em Deus!

    Cristiano Netto.

  32. Bom comentário! Obrigado

    Cristiano Netto


Deixar um comentário


Sem trackbacks